13 de novembro de 2019

Novo produto do BBNK tem foco em MEIs

Por Yan Tironi – CEO do BBNK

Segundo o Indicador Serasa Experian de Nascimento de Empresas, divulgado no dia 23/10, o número de aberturas de companhias no país nos oito primeiros meses de 2019 cresceu 20,7%. Destas, 82% são Microempreendedores Individuais (MEIs). O número de registros nesta modalidade chegou a 9,031 milhões no final de setembro, de acordo com o Portal do Empreendedor, do Governo Federal. Nos últimos cinco anos, o crescimento no número de MEIs foi de mais de 120% em todo o país.

Esses dados revelam o quanto o mercado de trabalho mudou nos últimos anos. O crescimento deste perfil de profissional reflete, por um lado, o quanto a flexibilização da jornada de trabalho atrai os chamados ‘profissionais do futuro’. Esse grupo, formado principalmente por jovens recém-ingressos no mercado de trabalho, preferem salários mais altos a manter um vínculo empregatício com o contratante – e portanto, o contrato como MEI o atende de forma satisfatória.

Por outro lado, este quadro também remete à prática cada vez mais comum entre empresas, que vêm privilegiando contratações de pessoas jurídicas (PJs) em detrimento de funcionários no regime CLT, por conta dos altos custos de manutenção destes contratos.

Embora tornar-se um microempreendedor individual tenha suas vantagens, este profissional passa a ter deveres semelhantes aos de uma empresa tradicional. Ao observarmos esta nova configuração do mercado, nós do BBNK avaliamos o desenvolvimento de um produto a fim de atender prontamente a este público. O resultado foi a criação da opção de conta PJ MEI, concebida a partir da análise do comportamento e das necessidades deste perfil profissional em franca expansão.

As empresas parceiras do BBNK (aquelas que oferecem serviços financeiros e bancários por meio de nossa plataforma) têm agora então mais uma opção para disponibilizar aos clientes finais: ou seja, qualquer microempreendedor individual, independente de seu porte.

Com esse novo produto, o BBNK reforça o portfólio já proporcionado às nossas empresas parceiras e garante a oportunidade de elas atingirem o promissor público-alvo de MEIs. Com mais esta opção, as empresas parceiras têm a oportunidade de aumentar ainda mais sua rede de relacionamento e, também, obter mais lucro por meio da oferta do novo produto.

Deixe um comentário